segunda-feira, 23 de abril de 2018

Go, for this one is an instrument chosen by me to convey my name


1 Now Saul, still breathing threats and beatings against the disciples of the Lord, went to the high priest,
2 and he petitioned him for letters to the synagogues in Damascus, so that, if he found any men or women belonging to this Way, he could lead them as prisoners to Jerusalem.
3 And as he made the journey, it happened that he was approaching Damascus. And suddenly, a light from heaven shone around him.
4 And falling to the ground, he heard a voice saying to him, "Saul, Saul, why are you persecuting me?"
5 And he said, "Who are you, Lord?" And he: "I am Jesus, whom you are persecuting. It is hard for you to kick against the goad."
6 And he, trembling and astonished, said, "Lord, what do you want me to do?"
7 And the Lord said to him, "Rise up and go into the city, and there you will be told what you ought to do." Now the men who were accompanying him were standing stupefied, hearing indeed a voice, but seeing no one.
8 Then Saul rose up from the ground. And upon opening his eyes, he saw nothing. So leading him by the hand, they brought him into Damascus.
9 And in that place, he was without sight for three days, and he neither ate nor drank.
10 Now there was a certain disciple at Damascus, named Ananias. And the Lord said to him in a vision, "Ananias!" And he said, "Here I am, Lord."
11 And the Lord said to him: "Rise up and go into the street that is called Straight, and seek, in the house of Judas, the one named Saul of Tarsus. For behold, he is praying."
12 (And Paul saw a man named Ananias entering and imposing hands upon him, so that he might receive his sight.)
13 But Ananias responded: "Lord, I have heard from many about this man, how much harm he has done to your saints in Jerusalem.
14 And he has authority here from the leaders of the priests to bind all who invoke your name."
15 Then the Lord said to him: "Go, for this one is an instrument chosen by me to convey my name before nations and kings and the sons of Israel.
16 For I will reveal to him how much he must suffer on behalf of my name."
17 And Ananias departed. And he entered the house. And laying his hands upon him, he said: "Brother Saul, the Lord Jesus, he who appeared to you on the way by which you arrived, sent me so that you would receive your sight and be filled with the Holy Spirit."
18 And immediately, it was as if scales had fallen from his eyes, and he received his sight. And rising up, he was baptized.
19 And when he had taken a meal, he was strengthened. Now he was with the disciples who were at Damascus for some days.
20 And he was continuously preaching Jesus in the synagogues: that he is the Son of God.
21 And all who heard him were astonished, and they said, "Is this not the one who, in Jerusalem, was fighting against those invoking this name, and who came here for this: so that he might lead them away to the leaders of the priests?"
22 But Saul was increasing to a greater extent in ability, and so he was confounding the Jews who lived at Damascus, by affirming that he is the Christ.
23 And when many days were completed, the Jews took counsel as one, so that they might put him to death.
24 But their treachery became known to Saul. Now they were also watching the gates, day and night, so that they might put him to death.
25 But the disciples, taking him away by night, sent him over the wall by letting him down in a basket.
26 And when he had arrived in Jerusalem, he attempted to join himself to the disciples. And they were all afraid of him, not believing that he was a disciple.
27 But Barnabas took him aside and led him to the Apostles. And he explained to them how he had seen the Lord, and that he had spoken to him, and how, in Damascus, he had acted faithfully in the name of Jesus.
28 And he was with them, entering and departing Jerusalem, and acting faithfully in the name of the Lord.
29 He also was speaking with the Gentiles and disputing with the Greeks. But they were seeking to kill him.
30 And when the brothers had realized this, they brought him to Caesarea and sent him away to Tarsus.
31 Certainly, the Church had peace throughout all of Judea and Galilee and Samaria, and it was being built up, while walking in the fear of the Lord, and it was being filled with the consolation of the Holy Spirit.
32 Then it happened that Peter, as he traveled around everywhere, came to the saints who were living at Lydda.
33 But he found there a certain man, named Aeneas, who was a paralytic, who had lain in bed for eight years.
34 And Peter said to him: "Aeneas, the Lord Jesus Christ heals you. Rise up and arrange your bed." And immediately he rose up.
35 And all who were living in Lydda and Sharon saw him, and they were converted to the Lord.
36 Now in Joppa there was a certain disciple named Tabitha, which in translation is called Dorcas. She was filled with the good works and almsgiving that she was accomplishing.
37 And it happened that, in those days, she became ill and died. And when they had washed her, they laid her in an upper room.
38 Now since Lydda was close to Joppa, the disciples, upon hearing that Peter was there, sent two men to him, asking him: "Do not be slow in coming to us."
39 Then Peter, rising up, went with them. And when he had arrived, they led him to an upper room. And all the widows were standing around him, weeping and showing him the tunics and garments that Dorcas had made for them.
40 And when they had all been sent outside, Peter, kneeling down, prayed. And turning to the body, he said: "Tabitha, arise." And she opened her eyes and, upon seeing Peter, sat up again.
41 And offering her his hand, he lifted her up. And when he had called in the saints and the widows, he presented her alive.
42 Now this became known throughout all of Joppa. And many believed in the Lord.
43 And it happened that he resided for many days in Joppa, with a certain Simon, a tanner.

Eu escolhi esse homem para trabalhar para mim

A conversão de Saulo
Atos 22.6-16; 26.12-18
1 Enquanto isso, Saulo não parava de ameaçar de morte os seguidores do Senhor Jesus. Ele foi falar com o Grande Sacerdote 2 e pediu cartas de apresentação para as sinagogas da cidade de Damasco. Com esses documentos Saulo poderia prender e levar para Jerusalém os seguidores do Caminho do Senhor que moravam ali, tanto os homens como as mulheres.
3 Mas na estrada de Damasco, quando Saulo já estava perto daquela cidade, de repente, uma luz que vinha do céu brilhou em volta dele. 4 Ele caiu no chão e ouviu uma voz que dizia:
— Saulo, Saulo, por que você me persegue?
5 — Quem é o senhor? — perguntou ele.
A voz respondeu:
— Eu sou Jesus, aquele que você persegue. 6 Mas levante-se, entre na cidade, e ali dirão a você o que deve fazer.
7 Os homens que estavam viajando com Saulo ficaram parados sem poder dizer nada. Eles ouviram a voz, mas não viram ninguém. 8 Saulo se levantou do chão e abriu os olhos, mas não podia ver nada. Então eles o pegaram pela mão e o levaram para Damasco. 9 Ele ficou três dias sem poder ver e durante esses dias não comeu nem bebeu nada.
10 Em Damasco morava um seguidor de Jesus chamado Ananias. Ele teve uma visão, e nela apareceu o Senhor, chamando:
— Ananias!
Ele respondeu:
— Aqui estou, Senhor!
11 E o Senhor lhe disse:
— Apronte-se, e vá até a casa de Judas, na rua Direita, e procure um homem chamado Saulo, da cidade de Tarso. Ele está orando 12 e teve uma visão. Nela apareceu um homem chamado Ananias, que entrou e pôs as mãos sobre ele a fim de que ele pudesse ver de novo.
13 Ananias respondeu:
— Senhor, muita gente tem me falado a respeito desse homem e de todas as maldades que ele fez em Jerusalém com os que creem no Senhor. 14 E agora ele veio aqui a Damasco com autorização dos chefes dos sacerdotes para prender todos os que te adoram.
15 Mas o Senhor disse a Ananias:
— Vá, pois eu escolhi esse homem para trabalhar para mim, a fim de que ele anuncie o meu nome aos não judeus, aos reis e ao povo de Israel. 16 Eu mesmo vou mostrar a Saulo tudo o que ele terá de sofrer por minha causa.
17 Então Ananias foi, entrou na casa de Judas, pôs as mãos sobre Saulo e disse:
— Saulo, meu irmão, o Senhor que me mandou aqui é o mesmo Jesus que você viu na estrada de Damasco. Ele me mandou para que você veja de novo e fique cheio do Espírito Santo.
18 No mesmo instante umas coisas parecidas com escamas caíram dos olhos de Saulo, e ele pôde ver de novo. Ele se levantou e foi batizado; 19 depois ele comeu alguma coisa e ficou forte como antes.
Saulo em Damasco
Saulo ficou alguns dias com os seguidores de Jesus em Damasco. 20 E começou imediatamente a anunciar Jesus nas sinagogas, dizendo:
— Jesus é o Filho de Deus.
21 Todos os que ouviam Saulo ficavam admirados e perguntavam:
— Não é este o homem que em Jerusalém estava matando todos os seguidores de Jesus? Não foi ele que veio até aqui para prender e levar essa gente aos chefes dos sacerdotes?
22 Mas as mensagens de Saulo se tornavam cada vez mais poderosas. E as provas que ele apresentava de que Jesus era o Messias eram tão fortes, que os judeus que moravam em Damasco não sabiam o que dizer.
23 Muitos dias depois, os judeus de Damasco se reuniram e resolveram matá-lo, 24 mas Saulo ficou sabendo do plano deles. Eles vigiavam os portões da cidade dia e noite para o matar. 25 Mas certa noite os seguidores de Saulo o puseram dentro de um cesto e o desceram por uma abertura que havia na muralha da cidade.
Saulo em Jerusalém
26 Saulo foi para Jerusalém e tentou juntar-se aos seguidores de Jesus. Porém todos tinham medo dele porque não acreditavam que ele também era seguidor de Jesus. 27 Então Barnabé veio ajudá-lo e o apresentou aos apóstolos. E lhes contou como Saulo tinha visto o Senhor no caminho e como o Senhor havia falado com ele. Barnabé também contou como, em Damasco, Saulo, pelo poder do nome de Jesus, havia anunciado corajosamente o evangelho. 28 Depois disso Saulo ficou com eles, andando por toda parte em Jerusalém; e, pelo poder do nome do Senhor, ele anunciava corajosamente o evangelho. 29 Ele também conversava e discutia com os judeus que tinham sido criados fora da terra de Israel, mas eles procuravam um jeito de matá-lo. 30 Quando os irmãos souberam disso, levaram Saulo até a cidade de Cesareia e depois o mandaram para a cidade de Tarso.
31 Em toda a região da Judeia, Galileia e Samaria, a Igreja estava em paz. Ela ficava cada vez mais forte, crescia em número de pessoas com a ajuda do Espírito Santo e mostrava grande respeito pelo Senhor Jesus.
Pedro nas cidades de Lida e Jope
32 Pedro viajava por toda parte. Um dia foi visitar o povo de Deus que morava na cidade de Lida. 33 Encontrou ali um homem chamado Eneias, que era paralítico e fazia oito anos que não saía da cama. 34 Pedro lhe disse:
— Eneias, Jesus Cristo já curou você. Levante-se e arrume a sua cama.
Na mesma hora Eneias se levantou. 35 Então todos os moradores da cidade de Lida e da região de Sarom viram isso e se converteram ao Senhor.
36 Na cidade de Jope havia uma seguidora de Jesus chamada Tabita. (Este nome em grego é Dorcas .) Ela usava todo o seu tempo fazendo o bem e ajudando os pobres.
37 Naqueles dias Dorcas ficou doente e morreu. Lavaram o corpo dela e depois o puseram num quarto do andar de cima. 38 Jope ficava perto de Lida. Quando os seguidores de Jesus em Jope souberam que Pedro estava em Lida, enviaram dois homens para levar-lhe o seguinte recado:
— Por favor, venha depressa até Jope!
39 Então Pedro se aprontou e foi com eles. Quando chegou lá, eles o levaram para o quarto de cima. Todas as viúvas ficaram em volta dele, chorando e mostrando os vestidos e as outras roupas que Dorcas havia feito quando ainda vivia. 40 Então Pedro mandou que todos saíssem do quarto e em seguida se ajoelhou e orou. Depois virou-se para o corpo de Dorcas e disse:
— Tabita, levante-se!
Ela abriu os olhos e, quando viu Pedro, sentou-se. 41 Pedro pegou-a pela mão e ajudou-a a ficar de pé. Em seguida chamou toda a gente da igreja, inclusive as viúvas, e a entregou a eles viva.
42 As notícias a respeito disso se espalharam por toda a cidade de Jope, e muitos creram no Senhor. 43 E Pedro ficou lá muitos dias, na casa de um curtidor de couros chamado Simão.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Acima de tudo eu espero seu beijo


Acima de tudo eu espero seu beijo
Bem antes que qualquer outra cousa exista
Aconteça primeiro o que eu mais desejo
Caso contrário não verei novamente a vida,

Cingindo auroras por teus lábios procuro
Amanhece para todos, é pouco para mim
O sol sem teu rosto é um planeta escuro
E a primavera sem teu perfume, o deserto jardim.

Espero o seu beijo para o inicio
Sem eles não vai adiantar
O ardor e o ímpeto é apenas um vício
Que só a tua boca pode alimentar


L.L.S

Age is no guarantee of wisdom and understanding.


Elihu Is Upset with Job's Friends
1 Finally, these three men stopped arguing with Job, because he refused to admit he was guilty.
2 Elihu from Buz32.2 Elihu from Buz: The Hebrew text has “Elihu son of Barachel from Buz of the family of Ram.” Buz may have been somewhere in the territory of Edom; in Jeremiah 25.23 it is mentioned along with Dedan and Tema (see 6.19). was there, and he had become upset with Job for blaming God instead of himself. 3 He was also angry with Job's three friends for not being able to prove that Job was wrong. 4 Elihu was younger than these three, and he let them speak first. 5 But he became irritated when they could not answer Job, 6 and he said to them:
I am much younger than you, so I have shown respect by keeping silent.
7 I once believed age was the source of wisdom; 8 now I truly realize wisdom comes from God.
9 Age is no guarantee of wisdom and understanding.
10 That's why I ask you to listen to me.
I Eagerly Listened
* 11 I eagerly listened to each of your arguments, 12 but not one of you proved Job to be wrong.
13 You shouldn't say, “We know what's right!
Let God punish him.”
14 Job hasn't spoken against me, and so I won't answer him with your arguments.
15 All of you are shocked; you don't know what to say.
16 But am I to remain silent, just because you have stopped speaking?
17 No! I will give my opinion, 18 because I have so much to say, that I can't keep quiet.
19 I am like a swollen wineskin, and I will burst 32.19 swollen wineskin … burst: While the juice from grapes was becoming wine, it would swell and stretch the skins in which it had been stored; sometimes the swelling would burst the wineskins.
20 if I don't speak.
* 21 I don't know how to be unfair or to flatter anyone — 22 if I did, my Creator would quickly destroy me!

Nós não ficamos mais sábios com a idade, nem sempre os velhos sabem o que é certo.


As falas de Eliú
Caps. 32—37
1 Jó estava convencido da sua inocência, e por isso os três amigos desistiram de continuar a discutir com ele. 2 Acontece que ali estava um homem chamado Eliú, filho de Baraquel e descendente de Buz, do grupo de famílias de Rão. Eliú ficou muito zangado com Jó porque este dizia que era inocente e que Deus era culpado. 3 E também ficou zangado com os três amigos porque eles não puderam responder a Jó, dando assim a ideia de que Deus estava errado. 4 Eliú esperou para falar no fim, pois os outros eram mais velhos do que ele. 5Quando viu que eles não souberam como responder a Jó, Eliú ficou zangado.
Primeira fala de Eliú
Caps. 32—33
Um sopro do Todo-Poderoso dá sabedoria
6 Então Eliú, filho de Baraquel e descendente de Buz, disse:
“Eu sou moço, e vocês são idosos. Foi por isso que não me atrevi a dar a minha opinião.
7 Pensei assim: ‘Que fale a voz da experiência, que os muitos anos mostrem a sua sabedoria!’
8 Mas acontece que dentro das pessoas há um espírito, há um sopro do Todo-Poderoso que dá sabedoria.
9 Nós não ficamos mais sábios com a idade, nem sempre os velhos sabem o que é certo.
10 Portanto, escutem o que digo, pois eu também vou dar a minha opinião.
É Deus que tem de dar resposta a Jó
11 “Esperei que vocês falassem e escutei as suas razões.
Enquanto vocês escolhiam as melhores palavras, 12 eu prestava toda a atenção.
Mas nenhum de vocês convenceu Jó, nem deu resposta às suas palavras.
13 Como é que vocês podem dizer que descobriram a sabedoria?
É Deus, e não um ser humano, quem terá de dar resposta a Jó.
14 Eu nunca teria respondido como vocês; mas Jó estava falando com vocês e não comigo.
Quero dar a minha opinião 15 “Jó, estes três estão derrotados e não têm mais palavras para continuar a discutir.
16 Eles já pararam; não falam mais. 
Será que devo continuar esperando enquanto estão calados?
17 Não! Eu darei a minha resposta agora e direi o que penso sobre o assunto.
18 Tenho muito o que falar e já não consigo mais ficar calado.
19 Se eu não falar, sou capaz de estourar como um odre cheio de vinho novo.
20 Não aguento mais; preciso desabafar, quero dar a minha opinião.
21 Não vou tomar partido nesta discussão e não vou adular ninguém.
22 Eu não costumo bajular; e, se bajulasse, o Criador logo me castigaria.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Sombras...

Nas sombras das tuas atitudes
Meu amor caminhou sem direção
Inseguro... cego.... tateou...
Mas nada encontrou
Voltou em silêncio
Um guia surgiu... 
Pegando em sua mão disse:
Não desista... me deixe ajuda-lo
E o meu amor triste perguntou
Como?
Ele respondeu
Eu sou a esperança, existe um caminho
Quero mostrar...
Me deixe guia-lo!

Rosa Soares

Seria Eu Louca...

I would be mad ...

I would be mad not see that I do not belong to myself, that I  do not control and do not command my feelings.
I would be mad not understand that something new came over me and my life.
I would be mad not to accept everything that I am and have comes from God.
In my blindness, I thought I could control how I feel ... kill love and be on my way.
In my misunderstanding, I thought that my thoughts and findings were only merit of my intelligence, logic ... foolish pride ....
On my refusal, I thought everything I was It is just the result of long hours of work.
And who I am ... learned from life and my courage ... silly claim.
I am not anyone or anything without my father ... I am the work of a powerful being and owner of all that we see, touch and also what we do not know that there is ...
Today, feeling a tightness of the chest, and a strong shortness of breath quieted me ... smiled ... with all the agony that my body felt, I was invaded by a peace, and happiness ... At that moment I imagined .. . I'm coming home ... I'm sure I did my best .... I did the only thing I needed to give meaning to my life .... I loved
Gone .... Still here typing this text as part of a context, a history ... now with more certainty than ever, I am not of this world, I'm on it ...
I made my option, I made my choice ...
I am feeling at this moment a child sitting on father's lap

I choose to be happy ...

Rosa Soares