quinta-feira, 14 de maio de 2015

POR ONDE ANDAS


Oi... Por onde andas?
Que fazes em teus passos?
Que caminhas distantes?
E por onde andas?

Que fazes de teu dia a dia?
De - me  lembranças suas,
Dizes - me  por onde andas?
Para que mates a saudades suas

Quando olhares as estrelas,
Nas noites lindas de luar,
Fales-me  de cada uma delas,
Para que de você  possas lembrar

Quando olhares o por do sol,
Lembre-se de mim,
Pois de ti estou  sempre lembrar,
A noite vem, mas o dia novamente vai raiar

Desperta - me  com teu sorriso,
Ensina-me  a te amar,
Dizes - me por onde andas?,
Para que eu vá te procurar.

Vou lhe dar meus  carinhos
Vou te ensinar também amar,
Vou te falar baixinho,

Que quero te amar.

Agenivaldo Almeida