quarta-feira, 24 de junho de 2015

Diz que podes ficar...

Deita-te em mim .
Descobre onde estás .
Escuta o silêncio
Que o meu corpo te traz .
Não me deixes partir
Não me deixes voar
Como um pássaro louco
Como a espuma do mar .
Sente a força da noite
Como facas no peito
Como estrelas caídas
Que te cobrem o leito .
Tenho tantos segredos
Que te quero contar
E uma noite não chega .
Diz que podes ficar .

Pedro Abrunhosa
Postado G+ por: Rosa P