sexta-feira, 14 de agosto de 2015

É doce beijar a sua boca, e tudo nele me agrada.

10-11 Entre dez mil homens, o meu amado é o mais bonito e o mais forte. 
O seu belo rosto é corado; os seus cabelos são compridos, e ondulados, e pretos como as penas de um corvo.
12 Os seus olhos são como os olhos das pombas na beira de um riacho; pombas brancas como leite, banhando-se ao lado da correnteza.
13 O seu rosto é bonito como um jardim de plantas perfumosas. 
Os seus lábios são como lírios que deixam cair pingos de mirra preciosa.
14 As suas mãos são benfeitas e enfeitadas com anéis de ouro e pedras preciosas.
A sua cintura é como marfim polido, coberto de safiras.
15 As suas pernas são colunas de mármore assentadas sobre bases de ouro puro.
O meu amado parece um dos montes Líbanos e é elegante como os cedros.
16 É doce beijar a sua boca, e tudo nele me agrada.
Assim é o meu amado, assim é o meu noivo, mulheres de Jerusalém.