quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Planeta solitário...

Muitos se rendem a ideia de poder"Tudo"...
E há alguns que simplesmente se convencem de sorte!
Acreditam quê são planetas e tudo gira a sua volta...
Meu caro, o único irrefutável se chama "Morte!"

A vaidade das glórias "Cega"...
O amor pede mais que flores, pede entrega!
Na verdade no amor não há ódio , em contrapartida,
há exata, "Justiça sob medida"...

(Não se dê ao luxo de ser amado, e viver como se dele não precisasse)
A um amor dedicado, será inevitável negar-lhe , justiça ...
Seria bom que ao amor se acostumasse...
E lhe retribuísses suas conquistas!

Amor que não e amado?
Espera e não e  esperado !
Se entrega, e não e notado!
O amor para se ver justo, "altera cursos modifica estradas!"

(Amor também protege seu portador!) 

Agora planeta livre o quê haverás de fazer quando o amor te faltar?
Vagarás pelo universo?
E a todas as estrelas a sua volta desejarás?
Eu tenho muito a lhe dizer, através destes versos....
Sem um simples e verdadeiro Amor, breve mui breve, " Solidão te ofuscará!"

Planeta solitário...


Lourisvaldo Lopes da Silva