sábado, 26 de setembro de 2015

Encantadora...

Alguns diziam entre si, desta (que eu mereço)...
Ela vai passar...
Depois de repetidas vezes, a tenho imaginado...
De desejos inacabados, são os valores de meus apreços...
Esta, já esta comprometida por onde passa, e quantos sonhos, a tem namorado...

Se ela sorrir alguns se embriagam...
Ao andar , a seguem pensamentos cambaleantes...
Sua voz são ecos ao longo do dia, e quantos a propagam...
Bela, sensual, elegante!

Dizem entre exageros que ela veio das estrelas cadentes...
Que sereias ganham vida e andam entre gentes...
Acredito que apenas eu dentre todos sou o mais modesto!
Não me rendo a exageros, não que não tente!

Olha pra mim, acredito que seja uma bela poesia!
E bonita, e charmosa, sabe provocar sabe respeitar, e merecedora!
E as vezes a confundo com a ficção " Ela desafia com tamanha simpatia!"
Pra todos proveitos, mulher do seu jeito,  " Encantadora!"

Lourisvaldo Lopes da Silva