domingo, 20 de março de 2016

Liberdade de Ser Quem Sou... Sem poesia...

Transparente.... sempre falo o que penso, desde quando não vou machucar.
Defendo o que acredito, com direito de mudar de opinião, SEI OUVIR!
O vulgar não me atrai.... em nenhuma situação.
Falo palavrão e consigo amor em retorno, não sei explicar rsrsrsrs.
Não gosto de jogo, assim não tenta jogar comigo, a minha falta de tempo, paciência e interesse lhe farão perder... apenas um conselho.
Carrego comigo um amor que sei que não é um mérito meu... tenho um Pai que me dá esse suporte, é lógico... preciso pedir... preciso buscar...
Consciente que não sou desse mundo, o que ele tem pra me oferecer é passageiro...me ajuda a interpretar alguns acontecimentos, talvez aceitar...
Faço parte de um todo sendo apenas um...o que dou é o que vou receber....isso é inevitável!
Não tenho mistérios, aquilo que você não consegue enxergar em mim...
Eu também estou procurando respostas... e por enquanto não poderei te ajudar!
As minhas idéias... sempre acabam em reticências... 
A minha vida também...
Algo sempre pode mudar...

Rosa Soares


Freedom to be who I am ... No poetry ...

Transparent .... I always speak my own mind, since It will not hurt.
I defend what I believe, with the right to change my mind, I know HEAR!
The vulgar does not attract me .... in any situation.
Talk dirty word and I can love in return, I can not explain rsrsrsrs.
I do not like the game, so do not try to play me, my lack of time, patience and interest will make you lose ... just advice.
I carry with me a love that I know is not my merit ... I have a Father who gives me this support, of course ... I need to ask ... I need to get ...
Aware that I am not of this world, what it has to offer me is fleeting ... it helps me to interpret some events... maybe accepts it ...
I am part of a whole being just one ... what I give is what I get .... this is inevitable!
I have no mysteries, what you can not see me ...
I'm also looking for answers ... and for now I can not help you!
My ideas ... always end up in ellipsis ...
My life too ...
Something can always change ...

Rosa Soares