sexta-feira, 7 de julho de 2017

Se lhe partires o coração irás perde-la para sempre!


Se lhe partires o coração irás perde-la para sempre!

São tantos os pensamentos que passam pela minha cabeça que nem sei por onde começar. Podia escrever este texto começando por expressar o amor que sinto por ti, o quanto és importante para mim. Mas a vida dá voltas, e quando te parti o coração perdi tudo.
Hoje só tenho vontade de chorar. Foi uma dor de morte, uma dor sem igual. "Partir quando ainda existe amor, é a forma mais difícil de morrer que eu conheço."
Sempre te quis fazer feliz, sempre quis ajudar-te nos teus sonhos e poder ser tudo o que sempre mereceste, mas fui errando. Fui cometendo pecados magoando a rosa da minha vida, do meu coração. Como te disse, se pudesse voltar atrás mudaria tudo, exceto dois dias, o 24 de Março e o 29 de Abril de 2015. Foram os dias mais felizes da  minha vida. Pudesse eu ter lido o futuro.
Demorei a perceber que estavas mal, que eu não estava a ser o que sempre mereceste mas sim a desilusão da tua vida. Hoje morro por cada palavra que digo. Não durmo, só choro. Lágrimas merecidas do homem que nunca fui.
Dizer-te "Adeus" foi a coisa mais difícil que fiz na vida. Por isso disse "Eu Amo-te", porque o corpo vai mas o sentimento irá eternamente permanecer. Serás sempre a minha princesinha, a mulher que eu quis cuidar, amar e mimar. Fazer feliz como nunca. Mas não consegui.
Não consigo parar de pensar em ti, no teu sorriso, na tua face quando me olhavas nos olhos, lembraste de ao início não o conseguires fazer?! Os teus olhos. 
Não podia perder-te, hoje não sei mais de mim. Com o nosso amor o Miguel morreu. Espero que sejas tudo na vida, que cumpras os teus sonhos, que sejas uma mamãe encantadora e que tenhas um futuro brilhante. O que eu dava para estar nesse futuro de mãos dadas a ti. Amo-te! Sempre te soube amar, mas nunca soube ser o homem que merecias. Dei-te o melhor de mim e perdi tudo. Adeus, eu vou com as aves. Guardo em mim todo o amor que nutro por ti. Obrigado por tudo. Amar-te-ei toda a vida.
A vida é um mar de emoções. Morri.


Miguel Quintino