segunda-feira, 28 de maio de 2018

Quando por seu amor reclamo...



Sua imaginação me intriga.
Enredado por suas tramas
Meu coração de poeta suspira
(estou a ofegar suaves dramas)

Imaginando o quanto me fascina
Descubro o quanto a amo
Nada tenho falta. Pois tudo me inspira
Quando por seu amor reclamo...

Páginas em branco?...
Não debaixo deste céu
Onde repousas o teu encanto
Cai dos meus olhos o véu

Escrevo versos escolhidos
Por teus olhos admirados
És um romance fora do livro
Aos meus olhos apaixonados.