segunda-feira, 17 de agosto de 2015

A oração

5 — Quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de orar de pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas para serem vistos pelos outros. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa. 6 Mas você, quando orar, vá para o seu quarto, feche a porta e ore ao seu Pai, que não pode ser visto. E o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.
7— Nas suas orações, não fiquem repetindo o que vocês já disseram, como fazem os pagãos. Eles pensam que Deus os ouvirá porque fazem orações compridas. 8 Não sejam como eles, pois, antes de vocês pedirem, o Pai de vocês já sabe o que vocês precisam. 9 Portanto, orem assim:
“Pai nosso, que estás no céu, que todos reconheçam que o teu nome é santo.
10 Venha o teu Reino. Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu!
11 Dá-nos hoje o alimento que precisamos. 
12 Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam.
13 E não deixes que sejamos tentados, mas livra-nos do mal.
[Pois teu é o Reino, o poder e a glória, para sempre. Amém!]”
14 — Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no céu, também perdoará vocês. 15 Mas, se não perdoarem essas pessoas, o Pai de vocês também não perdoará as ofensas de vocês.