segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Seria eu louca



Seria eu louca não enxergar que não me pertenço, que não controlo e não mando nos meus sentimentos.
Seria eu louca não entender que algo novo tomou conta de mim  e da minha vida.
Seria eu louca não aceitar que tudo que sou e tenho vem de Deus.
Na minha cegueira, achei que podia controlar o que sinto... matar um amor e seguir o meu caminho.
Na minha incompreensão, achei que os meu pensamentos e descobertas, eram apenas méritos da minha inteligência, lógica... bobo orgulho....
Na minha recusa, achei que tudo que tenho foi apenas fruto de longas horas de trabalho. 
E quem sou...aprendi com a vida e com a minha coragem... tola pretensão.
Eu não sou nada nem ninguém sem o meu Pai... Sou obra de um ser poderoso e dono de tudo aquilo que podemos ver, tocar e também daquilo que nem sabemos que existe...  
Hoje, sentindo uma pressão no peito, e uma forte falta de ar me aquietei... Sorri... com toda a agonia que o meu corpo sentia, fui invadida por uma paz, e uma felicidade... Naquele momento imaginei... Estou voltando pra casa... Tenho certeza que fiz o meu melhor.... Fiz a única coisa necessária para dar significado a minha vida.... Amei
Passou.... Ainda aqui digitando este texto, fazendo parte de um contexto, de uma historia...  hoje com mais certeza do que nunca, não sou deste mundo, estou nele...
Fiz a minha opção, fiz a minha escolha...
Me sentindo neste exato momento uma criança sentada no colo do Pai

Escolhi ser feliz ...


Rosa Soares