quinta-feira, 15 de outubro de 2015

O MUNDO INVISÍVEL DE UMA MULHER - Página 13

Fiz uma busca na vida do MacGyver ( o verdadeiro ) ... o cara não tinha namorada não? É... ninguém pode ser bom em tudo... (risos) 
Por falta dessa, vamos chama-la de Divina...

Divina todos os dias falava comigo pelo Skype, a raiva dela era tão grande... quer dizer, achei que era raiva.
Comentou comigo sobre o perfil da Sra MacGyver, e por incrível que pareça, quando tentei conhecê-la tanto quanto ela já me conhecia (risos) eu estava bloqueada, mas como? por que? Como uma pessoa que nunca ouvi falar que existia me bloqueou? que estranho... mas para um bom entendedor o silêncio basta.  
Houve um grande problema nos planos da Divina, ela procurou saber se entre nossos países havia algum acordo, ou possibilidade dele pagar a pena lá, e não havia, o resultado disso arrasou com ela, sem contar que o processo havia sido arquivado.
Daí ela pensou, vou dar uma de boazinha e dizer que eu retirei a queixa contra ele, mas me pediu permissão para fazer de mim a vilã da história, queria ainda ganhar a confiança dele (só a confiança?), eu a esta altura, não estava nem um pouco preocupada com que o MacGyver. iria pensar ao meu respeito... aceitei. 
Deixei as coisas acontecerem, mantinha contato com um advogado, onde peguei algumas informações do MacGyver , isso tudo combinado com Divina, onde iríamos dividir os custos, mas acho que ela também esqueceu disso, tudo bem... honrei o compromisso e ganhei um amigo, pois foi este advogado quem defendeu  a senhora dona da casa que moveu um processo contra MacGyvere sua família,  muitas ordens de despejo contra eles,  o nome dos dois, aparecia com facilidade no diário Jus Brasil 
Ah! preciso explicar o porque me afastei dele, porque o bloqueei,  depois de tantas informações, sabia que manter contato com essa pessoa, não iria me fazer bem, além do mais, para completar, vi o perfil do seu filho no Facebook, uma foto enorme, fiquei intrigada e procurei a cicatriz do incidente no exército, (Lembram?) e nada, baixei a foto no meu computador para analisar.... o rosto do rapaz totalmente limpo. 
Imediatamente lembrei, "ele não age sozinho, tem uma mulher loira (oxigenada) a sua esposa, um rapaz jovem, o seu filho.
Quando eu escrevo sobre o trabalhar de DEUS, acreditem é impressionante... 
Um dia com o meu tablet baixei um programa ligado ao hangout, o programa mostra quem está online, sem querer cliquei no nome de um amigo, alguém que fazia parte do meus círculos no G+, de repente apareceu as informações dessa pessoa, e o e-mail cadastrado neste perfil, era o da nossa amiga Divina, ela estava me usando o tempo todo... (risos),  e por incrível que pareça, a Nadir mais uma vez tinha me avisado, algo havia mudado na Divina, ela não só desistiu, pois pensava em vir ao Brasil dar queixa dele aqui também, mas também ficou contra mim, se eu tivesse chegado a este ponto na época, ela viria, mas para ajuda-lo. Eu entendi a coitada, pois sei o que uma mulher apaixonada é capaz de fazer, eu apenas a bloqueei também.
Mais perdida do que antes, apenas me preservei. Tudo o que estava acontecendo na minha vida precisava ser encarado de frente. houve outras situações que não contei aqui, e eu pensava... até quando?  Eu não seria hipócrita em dizer pra vocês que teve situações que a raiva não tomou conta de mim, sim tomou... Se eu permitisse que as minhas atitudes fossem baseadas nela, eu não estaria agora aqui escrevendo a minha vida. Lutei contra ao que sentia, eu não era igual a eles... eu não sou.
Sozinha, buscava em Deus forças e orientação do que eu devia fazer. Todos os dias, passei a abrir a Bíblia e ler o que Deus queria falar comigo... Sempre pedindo a Ele que perdoasse essas pessoas.
Assim O Livro Sagrado passou a ser pra mim a boca do meu Pai. Quanto mais eu lia, mais ficava impressionada, contarei depois com detalhes.


Página 13