domingo, 20 de dezembro de 2015

Um Pedido Sincero!

Um Pedido Sincero!


Hoje não são palavras que saem...
Nem existe mentiras aqui dentro!
O que são duvidas se calem!
Nas medidas de meu contento...

Só te peço silencio...
Do qual serei prisioneiro...
Me bastará apenas um momento!
Entre todos que sonhei este e meu verdadeiro!


Alcancem me este nervosismo...
Não impediram o que persigo!
Moça! Apenas ouça...
Esse moço!


Um Pedido Sincero!
Trago no peito escondido!
Teu sim e tudo o que eu mais quero!
Quer namorar comigo?


Lourisvaldo Lopes da Silva