terça-feira, 29 de março de 2016

O MUNDO INVISÍVEL DE UMA MULHER - Página 38

Hoje o meu cliente ligou para o escritório assim que acabei de chegar, estava um pouco nervoso, a agente da Polícia Federal que iria conversar comigo amanhã, terá uma diligência pra fazer na cidade onde nasci, Feira de Santana. O irmão dele ligou às quatro da manhã para o avisar... 
Pedi a ele que tivesse calma, que tudo estava acontecendo da maneira que tem que acontecer. 
Eu ri, quando ele me respondeu, fala mais, adoro ouvir você falar... 
E eu expliquei o quanto é importante a gente se manter na fé, não perder essa conexão com Deus, contei para ele o dia em que eu tinha que ir  para a clínica odontológica e o lugar é horrível para achar uma vaga para estacionar, por sinal já havia conversado com a minha dentista a respeito disso, pensei em parar o tratamento. 
Como sempre, recorri a o único que poderia me ajudar, Deus... pela quarta vez depois disso encontrei a minha vaga, como se tivesse sido guardada por anjos pra mim....
No primeiro dia, carros estacionados para todos os lado, o meu carro é grande, ele me dá um pouco de trabalho para encontrar vagas, um pouco antes da ladeira começar olhei para o lado esquerdo e lá estava ela, acreditem, nunca estacionei com tanta facilidade naquele lugar. rsrsrs, saí do carro com o coração cheio de alegria, chorei muito...  
No segundo dia em que voltei, havia trocado todos os pneus, e quando parei na frente de uma casa, ouvi uma voz de uma mulher dizer, não deixe seu carro aí, a proprietária da casa vai cortar os quatro pneus com uma faca...era a vizinha que morava em frente... pensei, e agora Pai, o que faço? Liguei o carro já pronta para sair ela me perguntou, pra onde eu estava indo, eu respondi que estava fazendo um tratamento de dente na clínica naquela rua, e que já estava procurando outro lugar, por causa dessa dificuldade de não ter onde parar o carro, quando ela me disse, bote aqui na frente da minha garagem.... ali mesmo minhas lágrimas caíram mais uma vez, esqueci completamente da minha hora marcada e fui contar a ela o que estou contando pra vocês, os olhinhos dela brilharam, abriu um sorriso e disse, eu creio, rindo eu respondi, creia, você acabou de ser usada por Deus.
E foi assim, na terceira vez coloquei na porta dela novamente, e na quarta Ele reservou uma quase na frente da clínica, eu ri e agradeci.... 
Depois de contar tudo isso para o meu cliente, eu finalizei explicando que nós todos estamos conectados com Deus e uns com os outros, essa conexão é perdida com qualquer sentimento que não seja digno do nosso Pai....eu tenho exercitado e gostaria muito que cada um de vocês fizessem o mesmo, ele me garantiu que vai...
A primeira coisa que precisamos é ter fé, não é porque algo que você queria que acontecesse não aconteceu, que vai desistir ou deixar de acreditar, calma, esse é o primeiro passo, a confiança em nosso Pai tem que te fazer sentir leve, como se tudo já tivesse resolvido, e se colocamos o problema nas mãos Dele, não podemos tirar.
Assim, eu espero... quem sabe Ele não tenha um outro final para essa história?


Página 38