domingo, 27 de novembro de 2016

O MUNDO INVISÍVEL DE UMA MULHER - Página 54

A semana passada mais uma vítima do Marcelo Arantes Ramos me procurou, dessa vez uma filha preocupada com a mãe, tentei ajudar, mas entendo que existe limites da qual devo respeitar. Muitas não querem se envolver e não forço ninguém a nada, neste caso mãe e filha já não estão se falando, creio que o motivo seja ele. E se a pessoa não quer ouvir a própria filha, com certeza não vai querer me escutar.
Ele faz um grande estrago onde passa, não mexe só com mulheres. Batizado em várias igrejas evangélicas, se aproxima do pastor e dá o seu golpe. 
Há cinco anos, a primeira Igreja Presbiteriana de Nova Iguaçu foi uma delas, onde a mesma história foi contada, tendo valores a receber pediu dois cheques ao pastor, e desapareceu, por Deus o pastor conseguiu cancelar um.
No final do ano passado, frequentava uma igreja perto de onde mora, e lá contava para todos que uma irmã havia passado um carro para o nome dele... dessa ainda vou descobrir como foi o golpe, pois também desapareceu de lá. Ah, lembrando a irmã que passou o carro para ela, é a Ana Carla que deu queixa do mesmo na delegacia de Bangu, ele roubou o carro.
A sua esposa a Noemi Class, trabalha agora no Hospital da Mulher em Belford Roxo - Nova Iguaçu, e não entendo como aceita tanta podridão e se diz evangélica pra todo mundo... Não tem como não enxergar que estamos lidando com uma quadrilha muito bem articulada.
Um outro coitado cruzou o caminho dessa criatura, o Paraíba, pedreiro, foi atropelado e quase perdeu o pé, deu entrada em um seguro e o Sr Marcelo Ramos se prontificou a ajudar... até hoje o Paraíba não viu a cor desse dinheiro. 
São muitos casos, mas colocarei um por um aqui... pois o que estou fazendo tem livrado muita gente da maldade desse homem.
Quanto aos e-mails, como eu previa, até o momento não houve respostas, cabe a nós usar a inteligência e entender que devemos nos preocupar muito com as notícias aqui divulgadas no Brasil, pois se a classe não tem coragem de se posicionar diante da situação que eu coloquei para eles, com todas as provas e evidências, imaginem o quanto não devem ser manipuladas suas informações. Com certeza eu terei mais cuidado em acreditar no trabalho destes jornalistas.





Página 54