quarta-feira, 17 de maio de 2017

Como eu gostaria que você me ouvisse!


Festejar e obedecer
De Asafe. Ao regente do coro — com a melodia de “Os Lagares”.
1 Cantem com alegria a Deus, o nosso defensor; cantem louvores ao Deus de Jacó.
2 Comecem a música e toquem os tamboris; toquem músicas alegres nas liras e nas harpas.
3 Toquem a trombeta para a festa quando chegar a lua nova e quando for lua cheia.
4 Isso é lei para Israel, é uma ordem do Deus de Jacó.
5 Quando Deus marchou contra a terra do Egito, ele deu essa lei ao povo de Israel.
Ouvi uma voz, que eu não conhecia, dizendo:
6“Eu tirei das costas de vocês as cargas pesadas, fiz com que vocês ficassem livres de carregar os cestos cheios de tijolos.
7 Quando estavam aflitos, vocês me chamaram, e eu os salvei.
Lá de onde eu estava escondido, na tempestade, eu lhes respondi.
Eu os pus à prova na fonte de Meribá.
8 Meu povo, escute os meus conselhos!
Ó Israel, como eu gostaria que você me ouvisse!
9 Nunca mais sirvam nenhum deus estrangeiro, nem adorem nenhum deus estranho.
10 Eu sou o Senhor, o Deus de vocês, sou aquele que os tirou da terra do Egito.
Abram a boca, e eu os alimentarei.
11 “Mas o meu povo não quis me ouvir; Israel não me obedeceu.
12 Portanto, eu deixei que eles andassem nos seus caminhos de teimosia e que fizessem o que queriam.
13 Como gostaria que o meu povo me ouvisse, que o povo de Israel me obedecesse!
14 Eu derrotaria logo os seus inimigos e castigaria todos os seus adversários.
15 Aqueles que me odeiam se curvariam diante de mim, e o castigo deles duraria para sempre.
16 Mas a vocês eu daria o melhor trigo e os alimentaria com mel do campo, até que ficassem satisfeitos.”