domingo, 4 de junho de 2017

Eu sou do meu amado, e ele me quer.


1 Ó filha de um príncipe, como são bonitos os seus pés calçados de sandálias!
As curvas dos seus quadris são como joias, são trabalho de um artista.
2 O seu umbigo é uma taça onde não falta vinho.
A sua cintura é como um feixe de trigo cercado de lírios.
3 Os seus seios parecem duas crias, crias gêmeas de uma gazela.
4 O seu pescoço é como uma torre de marfim.
Os seus olhos são como os poços que ficam ao lado dos portões da grande cidade de Hesbom.
O seu nariz é tão belo como a torre do Líbano, de onde se avista Damasco.
5 A sua cabeça está sempre erguida como o monte Carmelo.
Os seus cabelos são como a púrpura; até um rei ficaria preso nas suas tranças.
6 Como você é linda, minha querida! Como você me dá prazer! Como é agradável a sua presença!
7 Você é tão graciosa como uma palmeira; os seus seios são como cachos de tâmaras.
8 Vou subir na palmeira e colher os seus frutos.
Os seus seios são para mim como cachos de uvas.
A sua boca tem o perfume das maçãs, 9 e os seus beijos são como vinho delicioso.
Ela
Então que o meu querido beba suavemente deste vinho que escorre entre os seus lábios e dentes.
10 Eu sou do meu amado, e ele me quer. 
11 Venha, querido, vamos para o campo; vamos passar a noite nas plantações de uvas.
12 Vamos levantar cedo e olhar as parreiras, para ver se elas já começaram a brotar.
Veremos se as flores estão se abrindo e se as romãzeiras já estão em flor.
Ali eu lhe darei o meu amor.
13 Podemos sentir o perfume das mandrágoras . 
Todas as frutas saborosas estão na nossa porta.
Querido, eu guardei para você todo tipo de frutas, as frutas frescas e as secas.