segunda-feira, 13 de julho de 2015

O que manda na terra é a desonestidade, e não a verdade.

1 Eu gostaria que a minha cabeça fosse como um poço de água e que os meus olhos fossem como uma fonte de lágrimas, para que eu pudesse chorar dia e noite pela minha gente que foi morta.
2 Eu gostaria de ter um lugar para ficar no deserto, onde pudesse estar longe do meu povo.
Todos eles são adúlteros, são um bando de traidores.
3 Estão sempre prontos para contar mentiras. O que manda na terra é a desonestidade, e não a verdade. O Senhor Deus diz: “O meu povo faz maldade em cima de maldade e não quer saber de mim.”
4 Cada um precisa estar prevenido contra o seu amigo, e ninguém pode confiar no próprio irmão porque todo irmão é tão falso como Jacó. Todos andam caluniando os seus amigos.
5 Todos eles enganam os seus conhecidos, e ninguém fala a verdade.
Eles ensinaram a sua língua a mentir; pecam e não abandonam a sua vida de pecado. 6 Fazem uma violência atrás da outra e tapeação em cima de tapeação. Deus diz que este povo não quer aceitá-lo.
7 Por causa disso, o Senhor Todo-Poderoso diz:
“Vou purificar o meu povo como se faz com o metal; eu o farei passar por uma prova. O meu povo fez o mal —  o que é que eu posso fazer com ele?
8 A sua língua é como uma flecha envenenada, e a sua boca fala mentiras.
Cada um diz palavras amáveis ao seu vizinho,mas na verdade está preparando uma armadilha para ele. 9 Será que eu não devo castigá-los por causa dessas coisas? Não devo me vingar de uma nação como esta?
Eu, o Senhor, estou falando.”
10 Eu, Jeremias, disse: “Vou chorar por causa das montanhas, vou lamentar porque as pastagens estão secas, e ninguém passa por elas. Não se ouve mais o mugido do gado; as aves e os animais selvagens fugiram e foram embora.”
11 Deus disse:
“Vou fazer Jerusalém virar um montão de pedras, um lugar onde moram lobos. E as cidades de Judá se transformarão num deserto onde ninguém mora.”
12 Eu perguntei:
— Ó Senhor Deus, por que a nossa terra está em ruínas? Por que está seca como um deserto, tão seca, que ninguém passa por ela? Quem é bastante inteligente para entender isso? Será que explicaste essas coisas a alguém, para que essa pessoa possa explicar aos outros?
13 E o Senhor respondeu:
— Isso aconteceu porque o meu povo abandonou os ensinamentos que eu lhe dei. Eles não me obedeceram, nem fizeram o que mandei. 14 Pelo contrário, foram teimosos e adoraram as imagens do deus Baal, como os pais deles ensinaram. 15 Agora, escute o que eu, o Senhor Todo-Poderoso, o Deus de Israel, vou fazer. Darei ao meu povo plantas amargas para comer e água envenenada para beber. 16 Espalharei o meu povo pelo meio de nações que nem eles nem os seus antepassados sabiam que existiam. Mandarei exércitos contra o meu povo, até que seja completamente destruído.
O povo de Jerusalém pede socorro
17 O Senhor Todo-Poderoso disse:
“Atenção! Chamem mulheres que são pagas para chorar, mulheres que saibam cantar músicas tristes.”
18 O povo disse:
“Que elas venham depressa e cantem uma canção triste para nós para que os nossos olhos se encham de lágrimas e fiquem molhados de tanto chorar!”
19 Ouçam o povo de Sião chorando e dizendo: “Estamos perdidos! Estamos muito envergonhados!
As nossas casas foram derrubadas, e temos de deixar a nossa terra.”
20 Eu disse:
“Mulheres, ouçam o que o Senhor Deus disse e deem atenção às suas palavras.
Ensinem as suas filhas a chorar; ensinem as suas amigas a cantar canções tristes.
21 A morte subiu pelas nossas janelas e entrou nos nossos palácios. Acabou com as crianças nas ruas
e com os moços nas praças dos mercados.
22 Os corpos dos mortos cairão, serão como esterco espalhado nos campos, como espigas cortadas
e caídas das mãos dos que fazem a colheita, espigas que ninguém recolhe.
Isso é o que Deus me mandou dizer.”
23 O Senhor disse:
— O sábio não deve se orgulhar da sua sabedoria, nem o forte, da sua força, nem o rico, da sua riqueza. 24 Se alguém quiser se orgulhar, que se orgulhe de me conhecer e de me entender; porque eu, o Senhor, sou Deus de amor e faço o que é justo e direito no mundo. Estas são as coisas que me agradam. Eu, o Senhor, estou falando.
25-26 O Senhor disse ainda:
— Está chegando o tempo em que vou castigar o povo do Egito, de Judá, de Edom, de Amom, de Moabe e todos os que vivem no deserto e costumam cortar o cabelo bem curto. Todos esses povos são circuncidados, mas não têm guardado a aliança, que foi selada pela circuncisão. Todos esses povos e todo o povo de Israel não têm guardado a aliança que fizeram comigo.