domingo, 23 de agosto de 2015

“Ó Senhor Deus, pequei contra ti. Tem compaixão de mim e cura-me.”


1 Felizes são aqueles que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldades!
2 O Senhor os protegerá, guardará a vida deles e lhes dará felicidade na Terra Prometida.
Ele não os abandonará nas garras dos inimigos.
3 Quando estiverem doentes, de cama, o Senhor os ajudará e lhes dará saúde novamente.
4 Eu disse: “Ó Senhor Deus, pequei contra ti. Tem compaixão de mim e cura-me.”
5 Os meus inimigos falam mal de mim e perguntam: “Quando será que ele vai morrer
e ser esquecido?”
6 Se algum deles vem me visitar, não fala com sinceridade e ainda junta más notícias a meu respeito, para sair espalhando por aí afora.
7 Todos os que me odeiam falam de mim, cochichando, e pensam que o pior vai me acontecer.
8 Eles dizem assim: “Ele está muito mal mesmo e não vai se levantar mais.”
9 Até o meu melhor amigo, em quem eu tanto confiava, aquele que tomava refeições comigo,
até ele se virou contra mim.
10 Ó Senhor Deus, tem compaixão de mim e me dá saúde novamente para que eu dê aos meus inimigos o que merecem!
11 Eles não me vencerão, e assim ficarei sabendo que tu me aprovas.
12 Tu me ajudarás, porque faço o que é direito e me deixarás ficar para sempre na tua presença.
13 Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel!
Louvado seja, agora e sempre!
Amém! Amém!