sábado, 19 de setembro de 2015

Meu Pai hoje me deu essas palavras... e eu não entendi!

1 Lindas palavras enchem o meu coração enquanto escrevo esta canção em homenagem ao rei. A minha língua é como a pena de um bom escritor.
2 Ó rei, o senhor é o mais bonito de todos os homens e sabe fazer belos discursos.
Deus sempre o tem abençoado.
3 Ponha a espada na cintura, ó rei poderoso, forte e glorioso!
4 Coberto de glória, avance para vencer, defendendo a verdade e a justiça.
A sua força conquistará grandes vitórias.
5 As suas flechas são afiadas e atravessam o coração dos seus inimigos; as nações caem aos seus pés.
6 O reino que Deus lhe deu vai durar para sempre.
Ó rei, o senhor governa o seu povo com justiça, 7 ama o bem e odeia o mal.
Foi por isso que Deus, o seu Deus, o escolheu e deu mais felicidade ao senhor do que a qualquer outro rei.
8 A sua roupa está perfumada com mirra e aloés.
Os músicos tocam para o senhor, ó rei, em palácios enfeitados com marfim.
9 Entre as damas da sua corte, há filhas de reis, e, à direita do seu trono, está a rainha, usando enfeites de ouro puríssimo. 
10 Ó noiva do rei, escute o meu conselho:
“Esqueça o seu povo e os seus parentes.
11 Você é linda, e por isso o rei vai desejá-la; seja obediente a ele, pois ele é o seu senhor.
12 Ó noiva, o povo da cidade de Tiro vai lhe trazer presentes; muita gente rica vai querer lhe agradar.”
13 A princesa está no palácio — e como é linda!
O seu vestido é feito de fios de ouro.
14 Vestida de roupas coloridas e acompanhada pelas suas damas de honra, ela é levada até o rei.
15 Com prazer e alegria, elas chegam e entram no palácio dele.
16 Ó rei, o senhor terá muitos filhos, e eles serão reis também como foram os antepassados do senhor; e o senhor, ó rei, os fará governar o mundo inteiro.
17 A minha canção fará com que a sua fama seja sempre lembrada, e todos o elogiarão para sempre.