quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Nunca foi fácil explicar o amor...


Nunca foi fácil explicar o amor...
Como ele acontece...
Apenas sei que a vida ganha um novo significado, um novo brilho...
No início tudo se resume a sonhos
E no decorrer... O corpo começa a reclamar
A necessidade de ficar, estar perto vai aumentando
Falo com freqüência em matar o amor
Fácil?
Não... 
Quase impossível!
Mas precisamos continuar vivendo
E se torna necessário agirmos assim
Pedacinhos nossos vão se perdendo
Ficando pelo caminho percorrido
Lágrimas vão se cristalizando 
Temos que aprender a guarda-las dentro de nós
Para que os nossos olhos continue enxergando
E as nossas almas acreditando
Que viver vale a pena!

Rosa Soares