sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Deixa eu te abraçar...


Estou segurando a tua mão...
Não importa se me machucou, 
Não importa se as tuas palavras não traziam a verdade...
Continuarei segurando a tua mão...
Porque o que importa é quem sou e não quem tu és...
Eu sou amor...
Não adianta... tentei mudar, mas não consigo...
Continuarei segurando a tua mão...
Não se sinta só....
Deixa eu te abraçar...
Estou aqui...
Na forma que tu prefiras enxergar...
Mas respeitando o meu jeito de ser...
Estarei aqui...
Sempre...
Pois eu sou amor...
E como diz um amigo poeta:
"Amor também protege seu portador!"
Rosa Soares